jaciara-site.jpg
ACADÊMICA IMORTAL EFETIVA 
               CADEIRA 129

Jacira Santos Souza Dias 

     Tem obras literárias publicadas na coletânea, Novos Poetas, da editora Vivara, 2016; Elas em poesia, da editora Heliópolis, 2017; Almas em prosa e versos, da editora Diário da Poesia, 2019; e Diálogos, editora Gaya, 2019. Compartilhou um livro de crônicas com o grupo BVIW, do Recanto das Letras, Textos Curtos Para Mentes Grandiosas, da editora Pimenta Malagueta, 2019.

Oração da felicidade

Meu corpo é um templo, e só deixarei ficar nele, os sentimentos bons. Mesmo que eu seja abatida pelas palavras que machucam, continuarei sorrindo. Os pensamentos dúbios confundem a minha cabeça, mas não farei coisas más. Ainda que a minha opinião seja descartada, respeitarei. Que ao abrir a boca, a minha língua esteja domesticada, e não fira ninguém. Mesmo que os meus ouvidos estejam sobrecarregados, os aliviarei. Fecharei os olhos para a ingratidão e abrirei as mãos da bondade. Não deixarei que a traição tire de mim, o dom do perdão. Que eu não seja o juiz das sentenças alheias, mas o conciliador das partes. E, se eu começar uma guerra, que seja derrotado pela paz. Não temerei a reconstrução dos conceitos, e não serei instrumento de separação. Nunca permitirei que a solidão me afaste dos que amo, nem diminuirei o afeto por eles. Não cultivarei o orgulho, pois ele é uma erva daninha e destrói relacionamentos. Que o veneno da raiva não controle as minhas emoções, nem decida por mim. E que, todos os dias, o amor seja libertado, para que a felicidade possa existir.

  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram